Blog do Orlando Costa

Verba volant, scripta manent – 10 Anos

Acabo de chegar da Câmara Municipal, onde foi recepcionado o deputado federal do PR, Valdemar da Costa Neto. Ele veio entregar para o município, a posse de todas as áreas da Fepasa, inclusive os terrenos do Jardim Boa Esperança. Áreas que custariam cerca de R$ 5 milhões se o município fosse pagar. E bastou apenas um telefonema do Bertoco para Brasilia, pedindo a intermediação de Costa Neto, que a doação saiu na hora. Quem tem poder tem! Dizem que o Costa Neto é o décimo deputado de maior prestígio junto a Lula. E ele provou isso hoje. Estas áreas vinham sendo reivindicadas pelo município desde 2006.

Anterior

Muita gente na festa ontem, problema de acessibilidade, cerveja muito cara (R$ 3 a latinha). Mas, como hoje é pago, problema deve diminuir. Mas, a grande ‘mágica’ desta festa foi conseguirem tornar o recinto pequeno, com as invencionices estruturais. Ou eles acham que alguém vai ficar por lá com chuva. Nem com toda cobertura do mundo!

Próximo

Mas, falando nisso, não convidem – nunca mais! – o vereador Magalhães e o secretário Amaury Hernandes para o mesmo chá: os dois vão se estranhar. Hoje na Câmara foi assim. Magalhães não gostou nada da forma como as coisas foram feitas em torno da doação das áreas. Ele se sentiu preterido, não se sentou à mesa principal, nem foi chamado para falar da Tribuna. Todas as honras e glórias, portanto, foram dadas ao Amaury Hernandes, já que nem no plenário o vereador ficou. Também não adiantou a conversa a portas fechadas entre ele, Bertoco e o deputado. Depois do ‘rame-rame’, magalhães soltou os cachorros pra cima de todo mundo. Bateu boca com Amaury, onde não faltaram expressões como ‘picareta’, ‘malandro’ e coisa e tal. Foi uma saia-justa geral, e o ‘deixa disso’, ‘vem cá meu nego’ teve que ser usado para acalmar os ânimos. Foi um verdadeiro ‘basfond’, ou, na giria popular, um tremendo ‘bafão’.

Comentários fechados.

Blog do Orlando Costa: .